Justiça suspende liminar que autorizava remoção de servidor da Receita Federal

Imprimir: Justiça suspende liminar que autorizava remoção de servidor da Receita Federal Compartilhamento: Justiça suspende liminar que autorizava remoção de servidor da Receita Federal Justiça suspende liminar que autorizava remoção de servidor da Receita Federal Justiça suspende liminar que autorizava remoção de servidor da Receita Federal Justiça suspende liminar que autorizava remoção de servidor da Receita Federal
Publicado : 30/01/2003 - Alterado : 31/01/2009
O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (DF) acolheu o recurso apresentado pela Advocacia da União em Uberaba (MG) e suspendeu a liminar que autorizava a transferência de Nelsa Andrade Paiva, auditora fiscal da Receita Federal, da cidade de Cascavel (PR) para Uberaba (MG). A liminar havia sido concedida pela 1ª Vara Federal de Uberaba.

O relator do processo, desembargador Eustáquio Silveira considerou que Nelsa Paiva poderia ser transferida caso seu marido que é servidor do INSS, fosse removido por interesse da administração. Porém, isso não ocorre neste caso, porque quando ela fez o concurso para o cargo de auditora fiscal, seu marido já morava e trabalhava em Uberaba.

O desembargador Eustáquio Silveira concordou com os argumentos dos advogados públicos, de que esse caso não se enquadra nas hipóteses de remoção previstas no artigo 36, da Lei 8.112/90. O desembargador declarou que a manutenção da decisão da primeira instância poderia causar lesão à ordem administrativa, porque atrapalharia o planejamento gerencial feito pela Receita Federal.


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »