Inaugurada a Temporada 2018 do Projeto Compras Colaborativas em São Paulo

Publicado em: 18/04/18

A Temporada 2018 do Projeto Compras Colaborativas foi inaugurada com reuniões de trabalho que ocorreram entre os dias 11, 12 e 13 de abril de 2018, no edifício sede da Advocacia-Geral da União em São Paulo.

Inicialmente, a Coordenação-Geral do Grupo de Trabalho e Estudos Compras Colaborativas – GTECC/SP realizou uma apresentação do Projeto Compras Colaborativas na manhã do dia 11 para as chefias e representantes dos órgãos participantes.

Na oportunidade, também foi celebrado o Acordo de Cooperação nº 01/2018 entre a Consultoria Jurídica da União no Estado de São Paulo – CJU/SP e o Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo – SRPV/SP, em virtude do estreito relacionamento estabelecido entre os referidos órgãos desde o início do Projeto. O referido acordo também viabilizará a cooperação técnica do SRPV/SP nesta temporada de 2018 mediante a disponibilização de engenheiro de telecomunicações para apoiar as licitações de telefonia a serem realizadas em 2018.

As reuniões de trabalho para o início das atividades da Temporada 2018 tiveram os seguintes objetivos:

1 – Revisão dos objetos de licitação na Temporada de 2018 e definição de seus respectivos gerenciadores e participantes;

2 – Definição do cronograma das licitações a serem realizadas em 2018;

3 – Desenho conjunto do fluxograma do processo de trabalho das licitações compartilhadas;

3 – Divisão dos participantes em grupos para o início dos trabalhos e a distribuição de tarefas pelo representante dos órgãos gerenciadores, priorizando-se as licitações que devem ser realizadas ainda no primeiro semestre de 2018; e

4 – Ambientação e execução das tarefas distribuídas utilizando-se a plataforma Sharepoint.

Durante todo o período das reuniões de trabalho, ocorreram discussões muito produtivas a respeito das etapas de planejamento das licitações, elaboração de estudos preliminares, gerenciamento e mapeamento de riscos e sobre a operacionalização das licitações.

As referidas reuniões também contaram com a participação de representantes da Consultoria Jurídica da União no Estado de Pernambuco – CJU/PE e da Superintendência de Administração em Pernambuco – SAD/PE, na condição de observadores, com vistas à aproximação do projeto e ao início de sua implantação naquelas unidades.