Programa incentivará integração e reconhecimento dos aposentados da AGU

Imprimir: Programa incentivará integração e reconhecimento dos aposentados da AGU Compartilhamento: Programa incentivará integração e reconhecimento dos aposentados da AGU Programa incentivará integração e reconhecimento dos aposentados da AGU Programa incentivará integração e reconhecimento dos aposentados da AGU Programa incentivará integração e reconhecimento dos aposentados da AGU
Publicado : 23/08/2017 - Alterado : 29/08/2017

Imagem: freepik.com
Imagem: freepik.com

Incentivar a integração e o reconhecimento dos membros e servidores aposentados da Advocacia-Geral da União (AGU). Esse é o objetivo do Para Sempre AGU, programa criado nesta terça-feira (22/08) pela Portaria nº 308/17 que contará com a participação de diversos órgãos da instituição.

O Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) será responsável por implantar as medidas técnicas necessárias que os aposentados possam manter suas contas institucionais de correio eletrônico e acessarem o sítio eletrônico interno (intranet).

Já a Escola da AGU desenvolverá ações e projetos que possam viabilizar a disseminação da experiência técnico-jurídica e de outras habilidades dos membros e servidores aposentados, inclusive no âmbito da participação em trabalhos sociais e educativos.

A Assessoria de Comunicação Social realizará ações para estimular a integração dos aposentados, como publicações de notícias sobre o assunto no site e nos programas veiculados na Rádio e na TV Justiça. Outro papel da Ascom será a cobertura de eventos especiais e realizações de campanhas no âmbito da comunicação interna.

Além disso, a Secretaria-Geral de Administração atuará na preparação para a aposentadoria com base em ações que contemplem orientações quanto aos aspectos normativos, financeiros, de saúde emocional e física.

Os membros e servidores aposentados também poderão participar dos eventos do Programa AGU Mais Vida, inclusive como colaboradores. O objetivo é disseminar o conhecimento construído e proporcionar maior integração com os ativos.

As unidades da Advocacia-Geral da União também poderão editar atos complementares para disciplinar ações do programa em suas respectivas áreas de atuação.


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »