Ouvidoria da AGU atende 99,5% das demandas recebidas em 2016

Imprimir: Ouvidoria da AGU atende 99,5% das demandas recebidas em 2016 Compartilhamento: Ouvidoria da AGU atende 99,5% das demandas recebidas em 2016 Ouvidoria da AGU atende 99,5% das demandas recebidas em 2016 Ouvidoria da AGU atende 99,5% das demandas recebidas em 2016 Ouvidoria da AGU atende 99,5% das demandas recebidas em 2016
Publicado : 19/04/2017 - Atualizado às : 14:15:45

Imagem: planalto.gov.br
Imagem: planalto.gov.br

A Ouvidoria da Advocacia-Geral da União (OAGU) atendeu 99,5% de todas as demandas recebidas em 2016. Canal de comunicação da instituição com a sociedade, o órgão é o responsável por receber reclamações críticas, sugestões, elogios e denúncias de cidadãos, servidores e de outras instituições.

Para o ouvidor-geral, Francis Scherer Bicca, a comunicação direta com a sociedade só é possível com a colaboração de toda a instituição. “Como uma das maiores ouvidorias do Brasil, a OAGU trata de casos muito diferentes, desde informações jurídicas, finalísticas, até logísticas. Atender 99,5% das demandas só foi possível por causa da colaboração de todas as unidades da AGU, que têm ajudado muito no nosso trabalho”, elogia.

No ano passado, a OAGU concluiu 8.063 das 8. 644 demandas recebidas. Todas as solicitações são registradas no Sistema da Ouvidoria e no Sistema de Acesso à Informação (e-SIC). Destas, 2.837 ligações telefônicas foram respondidas instantaneamente.

As demandas recebidas pela Ouvidoria tratam especialmente de atuação da AGU em processo judicial, andamento processual, consulta jurídica acerca de pareceres, cumprimento de decisão judicial, gestão interna das unidades, Dívida Ativa da União e publicações da AGU.

De acordo com Francis, a expectativa para este ano é aprimorar não só os canais de comunicação com o cidadão, mas também com todos que compõem a AGU. “Melhorar esse canal da ouvidoria com quem nos fornece a informação para que a passemos com a máxima fidelidade para o solicitante. É preciso passar para todos que formam a AGU cada vez mais a importância de informar bem o cidadão”, conclui.

Filipe Marques


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »