AGU suspende decisão que interrompia repasse de verba para projeto da Aeronáutica

Imprimir: AGU suspende decisão que interrompia repasse de verba para projeto da Aeronáutica Compartilhamento: AGU suspende decisão que interrompia repasse de verba para projeto da Aeronáutica AGU suspende decisão que interrompia repasse de verba para projeto da Aeronáutica AGU suspende decisão que interrompia repasse de verba para projeto da Aeronáutica AGU suspende decisão que interrompia repasse de verba para projeto da Aeronáutica
Publicado : 26/10/2015 - Atualizado às : 11:32:59

Foto: cruzex.aer.mil.br
Foto: cruzex.aer.mil.br
A Advocacia-Geral da União (AGU) obteve, na Justiça, suspensão de decisão que interrompia repasses financeiros da União à Fundação de Serviços de Defesa e Tecnologia de Processos (FSDTP). O empenho da verba estava vinculado à execução de dois termos de parceria firmados pela fundação com o Departamento de Controle de Espaço Aéreo (Decea), da Aeronáutica, para a realização de projetos de segurança e eficiência do tráfego aéreo brasileiro.

O Ministério Público ajuizou ação para suspender os pagamentos e anular os atos administrativos que qualificaram a FSDTP como Organização da Sociedade de Civil de Interesse Público (Oscip). Para os autores da ação, a fundação não desenvolvia atividades de proteção do meio ambiente e, portanto, obteve indevidamente o título.

A decisão de primeira instância chegou a conceder liminar para suspender os repasses, mas a Procuradoria-Regional da União da 3ª Região (PRU3) recorreu e comprovou que a entidade já realizou vários projetos na área do meio ambiente, conforme já estava previsto, inclusive, na ata da assembleia de constituição da FSDTP.

A unidade da AGU argumentou, ainda, que a qualificação como Oscip foi concedida pelo Ministério da Justiça, em Brasília (DF), e os termos da parceria com a Aeronáutica foram assinados no Rio de Janeiro (RJ). Desta maneira, não era possível a 1ª Vara Federal de São José dos Campos (SP), juízo que concedeu a liminar solicitada pelo MP, julgar a ação.

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) acolheu os argumentos da AGU e suspendeu a decisão anterior.

A PRF3 é uma unidade da Procuradoria-Geral Federal, órgão da AGU.

Ref.: Processo nº 0007421-94.2015.4.03.0000 - TRF3

Rebeca Ligabue/Raphael Bruno

 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »