Mobilização da AGU na 5ª Região economiza 30 mil copos descartáveis em um ano

Imprimir: Mobilização da AGU na 5ª Região economiza 30 mil copos descartáveis em um ano Compartilhamento: Mobilização da AGU na 5ª Região economiza 30 mil copos descartáveis em um ano Mobilização da AGU na 5ª Região economiza 30 mil copos descartáveis em um ano Mobilização da AGU na 5ª Região economiza 30 mil copos descartáveis em um ano Mobilização da AGU na 5ª Região economiza 30 mil copos descartáveis em um ano
Publicado : 30/06/2010 - Alterado : 02/07/2010
Pelo menos 30 mil copos descartáveis deixaram de ser jogados no lixo no último ano. Esse dado é resultado de uma campanha das unidades da Advocacia-Geral da União (AGU) na 5ª Região, que conseguiram economizar essa quantidade através da conscientização dos servidores. Com palestras, seminários, cartazes e o convencimento realizado corpo a corpo, os servidores da região nordeste ficaram mais atentos ao desperdício ambiental no excesso de uso dos descartáveis.

O projeto faz parte da Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P), que tem como objetivo implementar a gestão socioambiental nas atividades administrativas e operacionais do Governo Federal. O foco é incentivar a preservação dos recursos naturais e a economia de energia no ambiente de trabalho, além da reciclagem de papel e da redução do uso de copos descartáveis.

De acordo com a coordenadora da A3P na AGU, Maria Augusta Soares de Oliveira Ferreira, a economia foi bem mais abrangente, levando em consideração o aumento de 50% do número de funcionários na Procuradoria Regional Federal da 5ª Região (PRF5). Ela explicou que isso foi possível, pois os novos servidores também foram alcançados pelas campanhas de conscientização. "À medida que foram participando das atividades nas unidades de trabalho, os servidores iam sendo influenciados pela nova mentalidade do ambiente", ressaltou.

A meta das unidades da 5ª Região é reduzir o consumo de copos descartáveis ao máximo e substituí-los por copos de vidros, de forma organizada e padronizada. A campanha tem tempo indeterminado e vai continuar a atuar em prol da conscientização ambiental nas atividades cotidianas das unidades. A coordenadora do A3p acredita que por mais que haja conscientização há sempre um nível maior de comprometimento que se pode alcançar. O projeto também resulta em economia de dinheiro público, já que as unidades estão adquirindo menos quantidades de copos.

Maria Augusta acrescentou, ainda, que a AGU é muito grande e isso faz com que a visibilidade de uma gestão socioambiental seja logo percebida, além de copiada por outros órgãos, influenciando também a sociedade. "Esse tipo de campanha num órgão como a AGU tem uma dimensão excepcional, pois se trata de uma instituição presente em todo Brasil, nas principais cidades e no interior. Contamos também com uma administração mais centralizada e organizada que permite atingirmos resultados bem mais rápidos", concluiu a coordenadora da A3p.

As unidades da AGU na 5ª Região já investem em uma nova campanha em conjunto com o Ministério do Planejamento, para viabilizar as licitações sustentáveis e fechar um projeto para economia de energia, com apoio da Eletrobrás. Outros projetos também estão em andamento, como a mobilização para economia de papel, estimulando a impressão frente e verso, redução do uso de tonner, com a utilização da Eco-font e a coleta seletiva. O uso da Eco-fonte gera uma economia de 15% na tinta de impressão.

Durante um ano de existência na AGU, a A3P foi marcada por várias atividades ligadas ao uso eficiente dos recursos naturais, como o Dia Mundial da Água e a Hora do Planeta, ações que aliaram ecologia à economia nos gastos públicos.


Uyara Kamayurá
 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »